Cummins anuncia nova líder para a América Latina

Com mais de 20 anos de experiência na Cummins, Cristina Burrola será a nova vice-presidente e líder da América Latina, sendo a primeira mulher a assumir esta posição, atualmente liderada por Ignacio García que se aposentará em 30 de novembro de 2022, após 40 anos de dedicação à empresa.

Cristina Burrola assume a posição na região com 10 mil funcionários e representatividade de 6% da receita global da Cummins. A executiva é uma líder de confiança na América Latina, com vasta experiência em muitas regiões da Cummins em todo o mundo. Em sua função anterior, como diretora executiva da Cadeia de Suprimentos para a América Latina, ela administrou uma organização regional com mais de 6 mil funcionários em 16 países durante um dos momentos mais desafiadores da história da organização na cadeia de suprimentos.

Antes disso, Cristina atuou como diretora de Estratégia Corporativa de fusões e aquisições da empresa, onde liderou a integração total da Cummins em quatro aquisições no valor de US$ 1,2 bilhão no negócio de Distribuição. Além disso, Cristina atuou como diretora global de Serviços de Engenharia e diretora global de Redução de Custos para o Negócio de Filtração.

“Assumir esta nova posição é um verdadeiro orgulho, aprecio profundamente a confiança que a Cummins depositou em mim e toda a orientação recebida por Ignacio. Fiel à nossa visão de colocar as pessoas no centro de tudo, continuaremos a promover o talento dos nossos colaboradores, bem como a desafiar os limites para sermos cada vez mais referência no setor”, disse Cristina.

Mexicana de nascimento, Cristina é formada em Engenharia Elétrica e Industrial pelo Instituto Tecnológico de Chihuahua, possui mestrado em Ciências da Engenharia pelo Instituto de Tecnologia e Estudos Superiores de Monterrey, além de um MBA da Kellogg School of Management na Northwestern Universidade.

Cristina também é apaixonada por ações sociais e por contribuir com as comunidades. Forte defensora da igualdade de gênero, é patrocinadora do grupo de gênero da Cummins na região, cargo a partir do qual promoveu a assinatura dos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEP) estabelecidos entre a ONU Mulheres e o Pacto Global das Nações Unidas. Recentemente, Cristina apoiou um projeto comunitário para desenvolver processos de cadeia de suprimentos para uma organização de banco de alimentos, o que beneficiou mais de 400 mil pessoas em San Luis Potosí, México.

Sem dúvida, a experiência e valores levarão Cristina Burrola a liderar com uma abordagem humana e com a firme intenção de levar a empresa ainda mais longe. Após 40 anos de dedicação à Cummins, Ignacio García, atual vice-presidente e líder da América Latina, se aposentará em novembro. Graças à sua determinação e dedicação, a Cummins se fortaleceu nos diferentes mercados onde está presente, especialmente na América Latina.

Foto: Cummins