Volvo celebra 500 mil ideias em programa interno de melhoria contínua

Reconhecida mundialmente pelos altos índices de qualidade, a fábrica da Volvo em Curitiba (PR) tem um robusto programa interno de melhoria contínua. Em média, cada funcionário chega a realizar mais de 30 ideias/ano para a evolução de processos e produtos. Em 2021, a unidade brasileira atingiu a marca de meio milhão de ideias implementadas, com ganhos mensurados em qualidade, segurança e otimização de espaços na linha de produção.

Conhecido internamente como Programa I9, o sistema existe desde 2004. Das sugestões mais simples às disruptivas, que podem levar a mudanças significativas, as ideias devem estar atreladas aos objetivos da fábrica com base em seis pilares: segurança, qualidade, custo, entrega, meio ambiente e pessoas. Antes de seu registro, a sugestão é compartilhada e avaliada na equipe, evitando que uma melhoria sugerida por uma área gere impactos negativos para outra. Um dos motivos de sucesso do programa refere-se à execução das propostas, visto que mais de 90% das sugestões são implementadas pelo próprio autor. Os outros 10% envolvem uma rede colaborativa de apoio, integrando diversas áreas.

Por trás do Programa i9 está o conceito de Kaizen, ou seja, filosofia que prega a melhoria contínua. “No conjunto das mais de 500 mil ideias observamos uma variação imensa no tipo e qualidade das melhorias. Ao observar uma cultura que incentiva a participação, os funcionários sentem-se motivados a olhar de forma diferente para os processos”, destaca Rafael Souza, gerente de qualidade e do Sistema Volvo de Produção (VPS). As ideias podem variar de melhorias simples, como a aproximação de uma determinada peça ao montador, evitando perda de tempo e deslocamento, até uma completa transformação do posto de trabalho, passando pela construção de gabaritos que eliminam equívocos de montagem que trariam impactos no fluxo regular da fábrica ou até mesmo riscos à segurança.

O Programa i9 não é atrelado a ganhos financeiros para o proponente. Um dos grandes segredos do sucesso é a visibilidade que se dá aos seus autores. Nas lista de boas práticas que valorizam as sugestões dos funcionários, estão desde o Hall da Fama e certificados de participação no Programa de Melhoria Contínua, passando pela Mostra Anual de Melhorias – que nos últimos dois anos, passou a ser digital – o Dia da Melhoria, a Semana Kaizen e também a Blitz Kaizen, em que a alta liderança vai até o chão de fábrica para reconhecer os times, que têm a oportunidade de explicar suas ideias e receber incentivos e sugestões para prosseguir no caminho da melhoria contínua.

O compromisso com a melhoria delega ao funcionário até mesmo o cálculo do retorno financeiro da ideia proposta. Há cerca de dez anos foi criado um Guia de Bolso que auxilia no cálculo de custo x benefício e cada um tem o controle sobre o quanto sua ideia irá impactar nos resultados da organização.

Dentro da Volvo, a cultura da Mentalidade Enxuta, que tem a melhoria contínua como um de seus pilares, nasceu no Brasil e fez escola no mundo. Ainda em 1999, a Volvo iniciou na fábrica de Curitiba um intenso trabalho voltado à disseminação do conceito de “Produção Enxuta”. Era o embrião do Sistema Volvo de Produção (Volvo Production System – VPS), um sistema de gestão de produção organizado, estruturado e formalizado, que propunha implantar conceitos, ferramentas e técnicas de produção enxuta. A partir da boa experiência brasileira o VPS foi implementado em várias unidades fabris do Grupo em todo o mundo, a partir de 2007.

“Com base no que desenvolvemos no Brasil, iniciamos um trabalho intenso de cultura lean que envolveu fábricas Volvo nos Estados Unidos, na Europa, Austrália, Tailândia, Índia e África do Sul. Em cada região, o processo respeitou os aspectos culturais, mas avançou para que hoje tenhamos uma cultura global voltada à melhoria contínua”, destaca Cyro Martins, vice-presidente de Manufatura da Volvo.

“Naturalmente ficamos muito felizes ao registrar a marca de 500 mil ideias, mas não chegamos até aqui da noite para o dia. Foi um processo longo, que foi amadurecendo com o passar dos anos. Hoje, vejo que temos um sistema muito robusto, que valoriza desde ideias simples às geniais. Todos que têm vontade de pensar diferente são estimulados a fazê-lo. O melhor de tudo é que ainda temos muito a melhorar. Aqui na Volvo, uma melhoria sempre leva à outra”, finaliza Cyro Martins.

Foto: Volvo