Scania celebra 50 mil caminhões e ônibus conectados no Brasil

A Scania anuncia que atingiu a marca histórica de 50 mil veículos conectados no Brasil. Os Serviços Conectados Scania foram lançados em 2017 e vêm apresentando forte crescimento ano a ano. Desde 2015, a montadora investia em soluções e inovações para tornar as operações dos clientes mais rentáveis e com disponibilidade máxima da frota. Lançado em julho, o Programa de Manutenção Scania Premium Flexível Uptime é o mais completo serviço do gênero disponibilizado no país e um sucesso entre os clientes.

“Vivemos um momento histórico da área de Serviços no Brasil. Os excelentes resultados estão diretamente atrelados ao amplo e personalizado pacote de soluções disponibilizado pela rede de concessionárias. Estamos em evolução contínua e transformando a forma de gestão da frota de nossos clientes. É uma jornada em conjunto com o amadurecimento e o desenvolvimento do mercado. Seja na busca incansável da Scania por tendências, inovações e novas soluções, que atendam as necessidades de momento ou surpreendam o cliente; seja no uso inteligente dos dados da viagem, na forma de realizar a manutenção ou com a revolução causada pela conectividade no transporte. Estamos ajudando o cliente a tirar mais rentabilidade e disponibilidade da frota e a se preparar para o futuro”, afirma Marcelo Montanha, diretor de Serviços da Scania no Brasil.

Os Serviços Conectados está presentes em 48.300 caminhões e 2.500 ônibus, resultando em uma alta de 30% em comparação com 2020, que apresentou 40 mil modelos conectados. Atualmente, 95% do total de veículos produzidos pela Scania no Brasil sai de fábrica conectado, enquanto no mundo, a montadora já possui mais de 500 mil unidades conectadas. “Começamos a conectar os produtos em janeiro de 2017 e chegamos a este volume expressivo em pouco tempo. A expectativa é o Brasil assumir o primeiro lugar no ranking global da Scania já em 2022, pois nossa taxa de crescimento é muito superior a outros países”, diz Montanha.

Dos mais de 50 mil veículos ativos, 20 mil utilizam os pacotes Desempenho (o mais completo) e o Avaliação do Motorista, ambos pagos. “Nossos pacotes de conectividade trazem como diferencial um exclusivo modelo de acompanhamento e avaliação de motoristas, que é uma poderosa ferramenta para controlar e otimizar os hábitos de condução. Desta forma, se obtém significativas reduções de custos, como combustível, desgaste de pneus e manutenção, que são consideráveis na vida útil do produto. A novidade é que agora também usamos a conectividade para medir e aumentar a disponibilidade das frotas”, comemora o executivo.

No acumulado deste ano, o portfólio (carteira de planos ativos) de Programas de Manutenção Scania (PMS) aumentou em 30% em comparação ao mesmo período de 2020 (de 17 mil para 22.100). O revolucionário programa com planos flexíveis, em que o próprio caminhão avisa quando deve parar, representou 68% do portfólio (15 mil entre os 22.100). “O que comprova a maturidade do mercado com essa solução que vem aumentando a rentabilidade do cliente, e se mostrou tão importante no momento da pandemia, quando, de fato, o cliente só pagou pelo que rodou e fazendo a manutenção na hora certa”, salienta Marcelo Montanha.

Os Programas de Manutenção Scania Premium Flexível que se tornaram Premium Flexível Uptime, a partir de julho, cresceram 28% (de 3.600 para 4.600) e representaram 21% do portfólio total. Atualmente, 55% dos caminhões novos comercializados saíram com alguma modalidade de PMS inclusa. “Com estes resultados comprovamos que a venda de soluções está tendo seu valor reconhecido pelo cliente”, conta Montanha.

A Scania também anuncia a abertura de 15 novos pontos de atendimento em 2022. Neste ano, foram seis novos inaugurados. A marca conta atualmente com 161 pontos entre filiais, matrizes, estruturas dentro dos clientes e atendimentos remotos, resultando na cobertura de 100% do território nacional. A rede Scania está 100% digitalizada e conectada, e a certificação de padrões da marca atingiu 92%, o maior índice já obtido pela Scania no Brasil.

O Programa de Manutenção Scania Premium Flexível Uptime une conectividade e gestão inteligente com a Control Tower, que promete reduzir em até 30% o tempo de parada nas concessionárias. O sistema atua na gestão ativa da eficiência do fluxo das oficinas e dos processos de manutenção da rede Scania para que o veículo retorne à operação o mais rápido possível, com menos e mais ágeis paradas. A Control Tower e a modalidade Pay per Use, com cobertura customizável, em que se paga só o que usar, são serviços desenvolvidos pela Scania Brasil e inéditos em relação à atuação global da marca.

“A equipe brasileira prova de novo sua competência e visão de futuro dentro da Scania, após a inovação com a manutenção flexível cobrada pela faixa de economia de diesel. Queremos sempre antecipar tendências e trazer o que o cliente vai precisar para manter sua logística rentável. Desta vez, o divisor de águas foi aumentar como nunca a disponibilidade da frota. Há muitas promessas no mercado, mas é a Scania quem avança perante a concorrência comprovando o quanto de real disponibilidade passará a proporcionar à gestão do cliente. A conectividade e a evolução das soluções de serviços, continuam sendo a base de tudo”, revela o executivo da montadora.

O PMS Premium Flexível Uptime mantém todas as vantagens do pioneiro PMS Premium Flexível, e no pacote Desempenho (o mais completo) conta com a exclusiva Avaliação do Motorista, que entrega a pontuação individual de cada condutor e recomendações de ações de aperfeiçoamento do modo de condução, para economizar combustível e reduzir o desgaste de componentes e pneus. Após o sucesso dos inéditos planos flexíveis apresentados em 2017, a Scania lançou na Fenatran 2019 o PMS Premium Flexível, que reduz em até 25% o custo total da manutenção. As manutenções preventivas e as corretivas do serviço são individualizadas e personalizadas, resultando em maior disponibilidade do veículos através de menores paradas para manutenção.

O cliente paga apenas pela quilometragem rodada e pode diminuir ainda mais o custo por quilômetro se reduzir o consumo de combustível, ou seja, se gastar menos, paga menos. A análise é feita por meio de uma tabela estimada de preço por km por faixa de consumo. “Fomos os primeiros a criar este modelo de sucesso, e agora melhoramos o que já era bom”, salienta Montanha.

Para desenvolver o sistema de conectividade, a Scania realizou um mapeamento para definir cercas virtuais nas áreas de cobertura das Casas Scania em todo o país. Essas “geocercas” identificam quando o caminhão conectado através do PMS Premium Flexível Uptime entra nessa área, notificando a equipe do Control Center Scania para que inicie o monitoramento e acompanhamento dos indicadores de tempo desde o processo de recebimento do veículo, abertura e fechamento da ordem de serviço até a liberação do veículo. O controle alerta a concessionária quando há qualquer risco de atraso na manutenção, fornecendo suporte técnico e diagnósticos rápidos.

Após a conclusão do atendimento, indicadores de disponibilidade são gerados para que o cliente acompanhe a performance do veículo através de relatórios, demonstrando como estão as condições da manutenção realizada, proporcionando uma gestão com foco na rentabilidade e de forma gratuita para quem já é cliente Premium Flexível e aos novos clientes. 

Já a modalidade Pay per Use (pague o que usar) permite personalizar ainda mais a cobertura e o modelo de gestão financeira de acordo com as necessidades de cada operação, e também avança na oferta de disponibilidade comprovada. É uma opção mais voltada a médias e grandes frotas. Ao optar por ela, o cliente passa a ter uma modalidade financeira com 100% de controle sobre o seu programa de manutenção.

Outra vantagem será a opção de aumento da cobertura de itens que não estão inclusos no PMS Premium Flexível, podendo o cliente customizar a cobertura do plano, adicionando, por exemplo, as manutenções preditivas, baterias ou peças de acabamento do veículo, resultando na agilização do atendimento, sem necessidade de aprovações dos orçamentos, laudos técnicos e serviços na oficina, com maior disponibilidade do veículo e menos burocracia para o cliente.

Foto: Scania