Grupo JCA renova frota com 159 novos ônibus Scania

O Grupo JCA, com sede em São Paulo (SP), anuncia a compra de um lote de 159 novos ônibus com chassi Scania, de um total de 271 veículos adquiridos para a renovação de frota de suas operadoras de transporte coletivo de passageiros. A empresa aproveitou a ocasião para também anunciar a parceria com a montadora da operação, em caráter de demonstração, de um ônibus movido a gás (natural e ou biometano), com previsão de início de circulação no primeiro semestre de 2022. Apesar dos impactos da pandemia sobre a economia, e em especial sobre o transporte de passageiros, a JCA mostra-se otimista com as perspectivas para o segmento.

“Mesmo neste período desafiador que estamos vivendo, com tantas incertezas, reforçamos nosso compromisso com os clientes ao investir em novos ônibus em parceria com sólidas empresas como a Scania, que garante chassis com um alto padrão de qualidade e de dirigibilidade na estrada. Adquirimos 159 novos veículos da marca para a operação do transporte rodoviário de passageiros”, declara Gustavo Rodrigues, diretor-presidente do Grupo JCA.

Dos 159 chassis, 115 unidades são do modelo K 360 4×2 e outras 44 do K 440 8×2. Todos os ônibus adquiridos pela JCA são conectados com o pacote Análise para gestão inteligente dos dados gerados nas viagens e são equipados com freio auxiliar Scania Retarder e o sistema ADAS (Advanced Driver Assistance Systems), que faz parte do pacote de segurança da Scania, que auxilia o motorista na melhoria da condução e ajuda a prevenir acidentes de trânsito durante a viagem. O sistema ADAS pode acionar a frenagem de emergência avançada, além de medir a distância e a velocidade relativa de qualquer veículo na pista, para intervir e evitar acidentes, além de auxiliar o condutor a manter um intervalo de distância constante em relação ao veículo à frente e avisar o motorista quando o ônibus sai de forma involuntária da faixa de rodagem através de vibração da poltrona.

“Para nós é sempre um orgulho participar do profissional processo de compras do Grupo JCA, um dos maiores clientes de ônibus da Scania no mundo. Neste ano, fechamos 159 chassis, quase 60% do negócio total do cliente. Estamos participando ativamente das renovações e ampliações da frota das empresas comprovando a força da nossa parceria, pois nos últimos oito anos já vendemos 837 chassis para o grupo. O que reforça a importância de mais esta venda é que a JCA escolhe os produtos de forma racional e baseada em resultados financeiros e satisfação dos passageiros. E assim seguimos cumprindo nossas promessas de marca oferecendo rentabilidade, menor custo total operacional, segurança, conforto e disponibilidade em nossos produtos”, afirma Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil.

O modelo de ônibus a gás escolhido para a demonstração é o Scania K 320 4×2, que operará em uma rota rodoviária pelo estado de São Paulo ainda a ser definida. O motor do veículo não é convertido do diesel para o gás, é de ciclo Otto (o mesmo conceito dos automóveis, com queima de combustível através de velas de ignição) e movido 100% a gás natural e ou biometano, ou mistura de ambos, apresentando desempenho semelhante ao da versão a diesel, além de ter funcionamento mais silencioso que esta. Os cilindros e válvulas são certificados pelo Inmetro, em conformidade com a lei, apresentando total segurança. Em caso de incêndio ou colisão, o gás é liberado para a atmosfera e se dissolve sem perigo de explosão.

Atualmente, o Grupo JCA conta com uma frota total de cerca de 2.400 ônibus, divididos entre as operações rodoviárias, de fretamento e de transporte público urbano das suas viações Cometa, 1001, Catarinense, Rápido Ribeirão, Expresso do Sul, Opção Fretamento & Turismo, SIT (Sistema Integrado de Transporte) Macaé e Macaense, e da Buslog, divisão de serviços de entrega de encomendas da organização. As empresas do grupo atendem mais de 60 milhões de clientes de 400 localidades nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, tendo realizado no primeiro semestre de 2021 mais de 148 mil viagens de transporte de passageiros e, entre janeiro e setembro, foram transportadas mais de 9 mil toneladas em encomendas.

Com objetivo de modernizar e agilizar suas operações, o Grupo JCA também criou a e-bus, unidade de soluções digitais da organização, responsável por 60% das vendas de passagens das empresas do grupo através de sites ou aplicativos. “As marcas tradicionais da JCA, já estabelecidas no mercado, garantem um extraordinário selo de qualidade e segurança e fazem com que a receptividade das novas iniciativas alcance resultados muito superiores aos inicialmente planejados. A e-bus surgiu da vontade do grupo de implementar uma estratégia digital, que contemplasse especialmente a nova geração de consumidores”, destaca Rodrigues.

O Grupo JCA planeja encerrar o último trimestre deste ano com um aumento de 40% em viagens rodoviárias, alcançando 75% do volume em dezembro, em comparação com 2019. Para o primeiro semestre de 2022, a companhia espera alcançar 90% em relação ao período pré-pandemia. Para a e-bus, a meta para o próximo ano é operar com 300 ônibus na plataforma 100% digital wemobi e alcançar 2 milhões de clientes cadastrados no aplicativo clube giro, primeiro programa de fidelidade gamificado do setor rodoviário. A Buslog prevê um aumento de 30% no transporte de encomendas, enquanto a Opção estima operar 1.200 ônibus de fretamento e turismo.

Foto: Grupo JCA