Nova linha Marcopolo G8 atinge 200 unidades vendidas

A Geração 8 de ônibus rodoviários da Marcopolo, lançada há pouco mais de um mês, atingiu a marca de 200 unidades vendidas para clientes do mercado brasileiro e latino-americano, com a aquisição realizada por mais de 40 empresas, demonstrando grande receptividade dos clientes durante as visitas de pré-lançamento e pós-apresentação oficial dos novos modelos, que introduziram padrões ainda mais elevados de eficiência, conforto, segurança e sustentabilidade no segmento.

A grande maioria dos operadores de transporte decidiu introduzir o novo veículo em suas frotas para antecipar seus programas de renovação, oferecendo mais tecnologia e conforto com objetivo de atrair e reter os passageiros. “Nossos clientes estão otimistas com a retomada turística no fim deste ano, e para estimular o transporte rodoviário, nada melhor que veículos de última geração que agregam excelência à operação”, declara James Bellini, CEO da Marcopolo.

Segundo Bellini, a demanda do segmento de fretamento segue aquecida pela necessidade de distanciamento social no transporte de colaboradores, e os operadores de linha de turismo estão otimistas com o avanço da vacinação e a elevação da confiança dos passageiros em retomar seus deslocamentos e viagens de férias.

Com o atual volume de pedidos para os modelos da Geração 8, a linha de produção dedicada exclusivamente à sua fabricação na unidade de Ana Rech, em Caxias do Sul (RS), está com a sua programação fechada até o fim de 2021. “Novas encomendas de modelos da Geração 8, que foi muito bem recebida pelo mercado, começarão a ser entregues a partir de 2022”, explica o CEO.

No segundo trimestre de 2021, a produção da Marcopolo cresceu 21,6% em comparação com o mesmo período de 2020, somando 2.483 unidades. O resultado é quatro vezes maior que o aumento de 4,7% registrado pela produção total de carrocerias de ônibus no país no mesmo período.

Modelo topo de gama da Geração 8, o Paradiso 1800 Double Decker (foto) é o que mais interesse tem despertado nos operadores de transporte rodoviário, sobretudo pelos mais de 140 novos atributos de segurança, conforto, praticidade e conectividade para passageiros, motoristas e operadores que a linha G8 introduziu no segmento.

A concepção da nova geração resultou em mais de 60 patentes de itens que proporcionam conforto, confiabilidade e custo operacional. O design do modelo segue as últimas tendências de design, com coeficiente aerodinâmico de apenas 0,379, mas mantendo o DNA Marcopolo no estilo da carroceria. A utilização de materiais especiais é outro diferencial, com novo teto totalmente produzido em alumínio, resultando em redução de peso, maior durabilidade e resistência, a utilização de matérias-primas de polímeros especiais na fabricação dos para-choques, grade dianteira e tampa traseira, entre outros componentes mais leves, de extrema resistência, com ótimas propriedades mecânicas e que apresentam superfície ideal para aplicação de pintura, o que garante padrão superior de qualidade e acabamento ao receber personalização com as cores de frotas.

Entre as inovações estão a adoção de uma estrutura de proteção da cabine que amplia segurança passiva para o motorista, faróis com eficiência até 3,5 vezes maior em relação aos modelos atualmente no mercado e a adoção de processos produtivos otimizados na fábrica com o escopo de elevar ainda mais o nível de padronização e qualidade na fabricação dos ônibus, com base nos mais modernos conceitos da indústria automobilística atual.

Foto: Marcopolo