ANTT inicia Operação Estanque para fiscalização do transporte de produtos perigosos

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) deu início nesta semana, de 13 a 17 de setembro, à Operação Estanque, megaoperação de abrangência nacional para a fiscalização do transporte de produtos perigosos. Atuam na ação 52 agentes em 27 municípios brasileiros onde estão as unidades regionais da agência.

A expectativa da ANTT é fiscalizar, até o final da operação, mais de 2 mil caminhões nos estados do Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Com foco na segurança, a Operação Estanque visa a avaliar as condições nas quais está sendo realizado no Brasil o transporte de produtos perigosos, como combustíveis, produtos químicos, gases, explosivos, entre outros, que exigem o curso MOPP (Movimentação Operacional de Produtos Perigosos) do motorista do caminhão que realiza o transporte desses tipos de produtos, Certificado de Inspeção para Transporte de Produtos Perigosos (CIPP) do veículo e identificação visível no caminhão, através das placas painel de segurança e rótulo de risco, do tipo e nível de periculosidade da carga que está sendo transportada, entre outras exigências.

Foto: ANTT