Ram 1000, baseada na Fiat Toro, é lançada com nova grade na Colômbia

A picape Ram 1000, baseada na Fiat Toro, está sendo apresentada pela Stellantis Latam na Colômbia com visual renovado. O modelo recebeu a mesma grade utilizada na versão Ranch da Toro, mas com o logo Ram no centro da grade preta com padrão em colmeia, passando a alinhar-se com a identidade visual do restante da linha Ram. Outras novidades externas são o novo capô com um rebaixo central, faróis full LED e rodas de 17″ com novo desenho. A caminhonete é produzida no complexo industrial Stellantis Jeep, em Goiana (PE), e exportada a alguns mercados da América Latina com a marca norte-americana de veículos comerciais.

Ao contrário da Toro, a nova Ram 1000 não ganhou o motor 1.3 turbo de 185 cv, sendo oferecida somente com o 1.8 E.torQ com 135 cv de potência, acoplado a uma transmissão automática Aisin de 6 marchas, e configuração de tração 4×2, não existindo opções de 4×4 nem motores diesel como as existentes para a Toro. A Ram 1000 é vendida somente na versão Big Horn e não se sabe se a Ram pretende lançar outras versões da picape futuramente.

Internamente, a nova Ram recebeu a central multimídia com tela de 8,4″ semelhante à disponível para a nova Fiat Toro a partir da versão Freedom. A central de 10,1″ vertical, lançada para as Fiat Toro Ranch e Ultra, ao menos por enquanto não é oferecida para a Ram 1000. O volante é o mesmo da linha Toro, com a diferença de trazer no centro o logotipo cromado do carneiro identificativo da marca Ram.

A Ram 1000 2022 já está à venda por 105.990.000 pesos colombianos (equivalente a cerca de 146 mil reais), devendo ser lançada em breve pela Ram Latam também no Chile, Peru, Costa Rica e República Dominicana. Além da Fiat Toro, a irmã menor Fiat Strada e o minifurgão Fiorino também são exportados com a marca norte-americana para mercados latino-americanos, onde são comercializados, respectivamente, como Ram 700 e Ram V700 ou Ram ProMaster Rapid.

Foto: Ram