Mercedes-Benz lança primeiro ônibus elétrico da marca no Brasil

A Mercedes-Benz do Brasil apresenta o novo eO500U, primeiro chassi de ônibus 100% elétrico da marca no país. Com investimento de R$ 100 milhões, o projeto foi 100% desenvolvido pela equipe de engenharia brasileira e é destinado a operações urbanas. O modelo chegará ao mercado em 2022 e faz parte das ações da Mercedes-Benz no Brasil alinhadas com a estratégia global do Grupo Daimler, do qual a marca faz parte, de práticas de ESG, sigla em inglês que significa Meio Ambiente (Enrivonmental), Social (Social) e de Governança (Governance), as três áreas em que a companhia mantém foco na responsabilidade corporativa como diretriz.

“Nossa decisão estratégica de apresentar uma solução em eletromobilidade primeiramente em ônibus, mais especificamente no segmento urbano, foi pensando no coletivo e no cenário das cidades. Nós temos experiência de 65 anos no Brasil, sempre oferecendo novas tecnologias para o transporte e, agora, de encontro às demandas dos nossos clientes e da sociedade, acrescentaremos ao nosso universo de multissoluções a tecnologia elétrica. Os ônibus dividem espaço nas grandes cidades com automóveis e pessoas, bicicletas, motos e outros meios de locomoção. Esses lugares estão sendo preparados para receberem novas tecnologias para a mobilidade, levando em consideração a eficiência, o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade ambiental. Esse é apenas o primeiro passo da Mercedes-Benz do Brasil rumo ao mundo da eletromobilidade. Nossas atenções e estratégias visam o presente e o futuro. Por isso, estamos cientes dos desafios que teremos pela frente”, declara Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO para a América Latina.

A gama de serviços incluirá uma consultoria especializada às empresas de ônibus e aos gestores do transporte coletivo urbano sobre o funcionamento do veículo, a infraestrutura de abastecimento de energia e de recarga das baterias, e a gestão de frota com ônibus elétricos. A Mercedes-Benz ressalta que, para que os benefícios tecnológicos aplicados à mobilidade urbana sejam agregados ao desenvolvimento social e econômico das cidades, é imprescindível que o Brasil e a América Latina também preparem sua infraestrutura para a operação de veículos elétricos.

“Mais do que lançar um novo produto no Brasil, o chassi de ônibus elétrico representa um novo passo da Companhia na direção de um ecossistema que inclui também serviços exclusivos e dedicados aos veículos elétricos. Nessa entrada na era da eletromobilidade, daremos todo o suporte necessário para que os os clientes trabalhem com total segurança em sua operação e em seus negócios”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

“De nossa parte, destinamos cerca de R$ 100 milhões ao projeto do eO500U, dentro do atual ciclo de investimentos que soma R$ 2,4 bilhões no Brasil, de 2018 a 2022. Estou confiante que, juntos, os nossos times os nossos parceiros estamos construindo um grande legado para a eletromobilidade brasileira, apoiados na ampla experiência que o Grupo Daimler acumula em outros mercados. Além disso, a Mercedes-Benz do Brasil é o Centro Mundial de Competência da Daimler para desenvolvimento de chassis de ônibus da marca. Ou seja, temos uma expertise sólida nesse segmento de veículos. Seguimos trabalhando para todos que movem o mundo. E com muita energia, estamos novamente fazendo história no Brasil”, destaca Deppen.

O chassi eO500U é baseado no padron 4×2 da consagrada linha O 500, com piso baixo, podendo ser implementado com carrocerias de até 13,2 metros de comprimento, é o modelo com a maior capacidade de transporte de passageiros deste segmento. A autonomia do ônibus elétrico chega a 250 km, a maior entre ônibus elétricos no Brasil, equipado com motor elétrico integrado ao eixo traseiro, constituindo-se em um trem-de-força com funcionamento silencioso, freio eletrônico EBS e sistema de regeneração de energia. O sistema de recarga das baterias é do tipo plug-in, o mesmo utilizado pela Daimler em seus ônibus elétricos na Europa, levando três horas de duração para a recarga completa. O painel de instrumentos é totalmente novo e traz informações específicas do motor elétrico, das baterias e demais sistemas eletrônicos.

O eO500U foi desenvolvido no Brasil para a realidade brasileira e amplamente testado na Alemanha, contando com a expertise em ônibus elétricos da engenharia europeia da Daimler, que deu suporte ao time brasileiro. “São, justamente, todos esses processos pelos quais submetemos os nossos produtos e que consolidam a confiança do mercado na nossa marca. Unimos a experiência do nosso time de eletromobilidade na Europa com o nosso entendimento da voz dos clientes sobre a realidade do Brasil. Experiência, tecnologia e paixão pela inovação fizeram a Mercedes-Benz chegar até aqui, na liderança do segmento de ônibus há 65 anos. Uma trajetória icônica na história do setor automotivo nacional”, ressalta Leoncini.

“Esse é um grande marco histórico no desenvolvimento de chassis de ônibus que mostra a expertise da nossa equipe de Engenharia e Desenvolvimento. Estamos fazendo tudo isso com tecnologia de ponta e muito motivados pela paixão em atender a todas as necessidades do transporte de pessoas, contribuindo para a qualidade de vida nas grandes cidades, no Brasil e em outros países”, finaliza Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Foto: Mercedes-Benz