Librelato realiza campanha de arrecadação de agasalhos Caixa Solidária

A campanha de agasalhos Caixa Solidária arrecadou mais de 1.900 itens como roupas, calçados, meias, luvas, gorros, cobertores e edredons, que serão destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade social. A ação é realizada pela Librelato, fabricante de implementos rodoviários de Içara (SC), desde 2015, com a disponibilização de caixas nas entradas principais das unidades da empresa nas cidades de Içara e Criciúma (SC). Os itens são recolhidos por uma equipe responsável pela triagem e doação para instituições de caridade.

“Se tem algo que nunca sai de moda é a solidariedade e aquela peça que não usamos mais, certamente pode ser usada por quem precisa. O projeto Caixa Solidária vem sendo realizado pela Librelato desde 2015, quando buscamos uma iniciativa na qual as pessoas pudessem fazer doações de forma segura e consciente. A Librelato tem muito orgulho em possuir no seu DNA o compromisso com a responsabilidade social, incentivando continuamente projetos sociais e ambientais”, declara Graziela Gislon, coordenadora de Marketing da Librelato.

Com o objetivo de aumentar ainda mais a arrecadação, a Librelato criou, dentro do Caixa Solidária, a subcampanha Pirâmide do Bem, na qual os participantes doavam e concorriam a brindes. “Quanto mais doações e indicações, mais chances o participante tinha de ganhar brindes e assim, com muita felicidade no coração, conseguimos aquecer o inverno de tantas pessoas”, explica Graziela.

As caixas do projeto Caixa Solidária, construídas pela Librelato em aço, são invioláveis em aço e ficam à disposição do público permanentemente nas entradas da Librelato por tempo indeterminado. Através de uma porta giratória é possível depositar as doações e somente a equipe responsável tem acesso para retirar os itens, de modo que se torna uma opção confiável e contínua de arrecadação de itens que estejam sobrando para as pessoas e possam ser doadas a quem necessita. A campanha baseou-se em projetos similares existentes nos EUA e Europa.

Foto: Librelato