Daimler, Traton e Volvo se unem para criar rede de recarga para veículos comerciais elétricos

Três das maiores montadoras de veículos comerciais do mundo, Daimler Truck, Traton e Volvo Trucks assinam um acordo não vinculativo para juntas implementarem e operarem uma rede pública de estações de recarga de alto desempenho para baterias de caminhões pesados de longo curso e ônibus rodoviários em toda a Europa. O objetivo em comum das três companhias é iniciar e acelerar a construção da infraestrutura de recarga para aumentar a confiança dos clientes na tecnologia e apoiar a adoção de um transporte com emissão zero pela União Europeia.

O acordo estabelece a base de uma futura joint-venture dividida de modo igual entre os três grupos, que deve iniciar as operações em 2022. As três empresas planejam investir juntas 500 milhões de euros para construir e operar pelo menos 1.700 pontos de recarga de energia de alto desempenho em rodovias, bem como em pontos logísticos e de destino, em um prazo de cinco anos a partir do estabelecimento da joint-venture. O número de pontos de recarga deve aumentar significativamente com o tempo através da busca de parceiros adicionais e também de financiamento público.

A futura joint-venture deverá ser uma empresa completamente nova, com identidade corporativa própria ainda a ser criada, e com sede em Amsterdã, nos Países Baixos. A nova companhia se beneficiará de toda a expertise tecnológica dos grupos Daimler, Traton e Volvo de soluções para o setor de transporte rodoviário de cargas.

“Para o Grupo Traton é claro que o futuro do transporte é elétrico. Isso requer o rápido desenvolvimento de pontos de recarga acessíveis ao público, especialmente para transporte pesado de longa distância. Agora estamos avançando junto com nossos parceiros Daimler Truck e Volvo Group para tornar esta rede de alto desempenho uma realidade o
o mais rápido possível. Agora, damos o primeiro passo para acelerar a transição em direção à sustentabilidade, transporte livre de fósseis. A segunda etapa deve ser um forte envolvimento da UE em uma rede de carregamento em larga escala em toda a Europa”, declara Matthias Gründler, CEO da Traton.

“É o objetivo conjunto dos fabricantes de caminhões da Europa alcançar neutralidade climática até 2050. No entanto, é vital que a construção da infraestrutura certa aconteça em conjunto com a chegada de caminhões neutros em emissão de CO2 na estrada. Junto com o Grupo Volvo e o Grupo Traton estamos, portanto, muito entusiasmados em dar este passo pioneiro para estabelecer uma rede de recarga de alta performance em toda a Europa”, destaca Martin Daum, CEO da Daimler Truck.

“Estamos estabelecendo a base necessária para o avanço para que nossos clientes façam a mudança para a eletrificação através da criação de uma rede europeia líder de recarga. Temos tecnologias de eletromobilidade poderosas, e agora com a Daimler Truck, o Grupo Traton e graças ao European Green Deal, que é entendido por toda a indústria como um ambiente político para realizar um progresso fundamental em direção a soluções sustentáveis ​​de transporte e infraestrutura”, complementa Martin Lundstedt, presidente e CEO do Grupo Volvo.

Um relatório anunciado em maio pela ACEA (European Automobile Manufacturers Association) aponta a demanda por até 15.000 pontos de recarga até 2025 e até 50 mil pontos até 2030. A iniciativa das três montadoras visa a incentivar outros setores do segmento de transportes, assim como governos e órgãos reguladores, na ação conjunta para a rápida expansão de pontos de recarga elétrica de baterias na Europa, e para sinalizar isso, a joint-venture da Daimler, Traton e Volvo criará uma rede acessível a veículos comerciais elétricos de qualquer marca.

Foto: Daimler/Traton/Volvo