VWCO realiza entrega do primeiro e-Delivery para a Ambev nesta segunda-feira

Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus, realizou a entrega nesta segunda-feira (28) das chaves da primeira unidade do caminhão 100% elétrico VW e-Delivery a Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev (foto). O modelo, um 6×2 com PBT de 14 toneladas, é o primeiro de um lote de 100 caminhões adquiridos inicialmente pela cervejaria, que planeja ter 1.600 veículos elétricos VW na sua frota até 2025.

A Ambev havia recebido previamente um lote do modelo que operaram em caráter de teste para desenvolvimento e validação da tecnologia concebida pela montadora, rodando mais de 45 mil quilômetros, deixando de emitir mais de 34 toneladas de CO2, de consumir mais de 10.000 litros de diesel e um potencial de regenerar cerca de 40% da energia desprendida na frenagem ou mesmo em desacelerações do veículo, que alimentam as baterias.

“A jornada de economia de baixo carbono da Ambev teve início há quase 20 anos, com foco na eficiência energética e mudanças da nossa matriz para biomassa e gás natural. De lá para cá, temos um imenso orgulho das nossas conquistas e iniciativas pioneiras para que, do campo ao copo, as nossas metas ambientais ambiciosas sejam alcançadas com rapidez. Desde 2003, já reduzimos 63% das nossas emissões como um todo. A logística é parte essencial nessa jornada, com o fomento de uma tecnologia 100% brasileira em parceria com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, estamos inovando juntos e criando soluções para compartilhar com todo o mercado e outras empresas”, destaca Rodrigo Figueiredo.

O objetivo, tanto da Ambev quanto da VWCO, é somar forças para viabilizar a utilização da propulsão elétrica na distribuição urbana e criar uma referência em sustentabilidade para o mercado logístico global. A parceria entre as duas empresas vem de longa data para o desenvolvimento de novas tecnologias e essa sinergia culmina agora com a entrega do primeiro veículo zero emissões 100% desenvolvido pela engenharia nacional, elevando o nível de colaboração e transparência, para que fosse possível criar um modelo de negócio viável ao mercado em geral.

“O que estamos fazendo é histórico. Vamos colocar em operação junto com a Ambev uma frota de cem caminhões elétricos circulando pelas ruas do país até o fim de 2021. Estamos avançando no mesmo ritmo que a tecnologia se desenvolve em economias mais avançadas, como a europeia e a norte-americana, graças ao know-how de nossos engenheiros brasileiros. E não paramos por aí, em breve teremos mais novidades para anunciar sobre todo o ecossistema que criamos para viabilizar a introdução da mobilidade elétrica no Brasil”, declara Roberto Cortes.

Concebido por um time de engenharia dedicado de e-Mobility, o e-Delivery é fabricado no complexo industrial da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ), que recentemente deu início à produção em série desses modelos elétricos, tornando-se a primeira do país com essa operação em larga escala. O Grupo Traton, ao qual pertence a VWCO, investiu cerca de R$ 150 milhões no desenvolvimento do e-Delivery e na linha de montagem e-Shop, área dentro da fábrica dedicada exclusivamente à eletrificação, que conta com a maior infraestrutura de carregadores de alta potência do Brasil.

A frota de veículos elétricos dos 93 centros de distribuição da Ambev serão alimentados com energia produzida pelas cerca de 44 usinas solares que a cervejaria está inaugurando em todo o país e também por outros projetos de energia renovável da empresa. O objetivo da Ambev, dentro de seu compromisso com a sustentabilidade, é que 100% dos caminhões elétricos que prestarem serviço para a companhia sejam alimentados por energia renovável. Mais de 1/3 da frota da cervejaria será composta por caminhões eletrificados da marca VW, resultando em mais de 36 mil toneladas de carbono que deixam de ser emitidas na cadeia logística da Ambev.

Foto: VWCO