Mercedes-Benz e Marcopolo exportam 102 ônibus para o Uruguai

A Mercedes-Benz do Brasil, em parceria com a Marcopolo, embarcou 102 ônibus para o Uruguai. São 87 unidades do OH 1721/62 Low Entry para aplicação urbana e 15 unidades do OH 1622 L/52 para operação intermunicipal em Montevidéu e região. Os veículos foram adquiridos pelo programa de renovação de frota da capital uruguaia e serão operados pela Cutcsa (Compañía Uruguaya de Transporte Colectivo S.A.), uma das maiores empresas de transporte público urgano do país vizinho.

“Por meio de nossa consultoria de ônibus para a América Latina, a Mercedes-Benz busca sempre entregar a melhor solução de transporte para cada país com produtos inovadores, que oferecem segurança e o melhor custo benefício, além de conforto aos passageiros. A cidade de Montevidéu, por exemplo, visando melhorar a acessibilidade de toda a população, solicitou veículos mais acessíveis, e nós prontamente atendemos”, afirma Jens Burger, diretor geral do centro regional Daimler na América Latina.

O modelo OH 1721/62 Low Entry apresenta piso baixo e rampa na porta central com lugar especial para cadeirantes, um pedido do cliente para atender a solicitação do órgão gestor de Montevidéu. Com capacidade total para 63 passageiros, os veículos são providos de suspensão pneumática traseira e dianteira e são equipados com carroceria Marcopolo Torino Low Entry, com 11,8 metros de comprimento. Em sua composição, apresentam ar condicionado, seis unidades USB instaladas ao longo do ônibus, faróis de neblina dianteiros e preparação para instalação de sistema de monitoramento com cinco câmeras.

As outras 15 unidades do modelo OH 1622 L/52 têm capacidade total para 41 passageiros e também contam com a suspensão pneumática traseira e dianteira, além de “kneeling” (ajoelhamento), sistema de rebaixamento da suspensão do lado direito, a fim de facilitar o embarque e desembarque dos passageiros, atendendo à solicitação do cliente por melhor acessibilidade. Com carroceria Marcopolo Audace 800 e comprimento total de 11,1 metros, apresentam as mesmas características das outras carrocerias, mas com elevadores para acessibilidade no lugar das rampas.

Os novos ônibus exportados para o Uruguai apresentam liberação da 6° marcha e receberam adaptações em seu trem de força e entrada do tanque de combustível no lado esquerdo do chassi para atender à solicitação do cliente para facilitar a logística operacional de abastecimento da empresa. Os 102 veículos são equipados com motores Mercedes-Benz OM 924, transmissão automática Allisson T270 com retarder, freios ABS e velocímetro eletrônico.

A Cutcsa é cliente tradicional da Mercedes-Benz, tendo adquirido os novos ônibus por intermédio da Autolider, representante da marca alemã no Uruguai, e também da Dloner, representante da Marcopolo naquele país. “Com mais essa venda, reafirmamos o comprometimento da Mercedes-Benz em fornecer novos ônibus para a Cutcsa, empresa de 83 anos com a qual temos uma forte parceria de mais de três décadas, e que tem o compromisso de renovar sua frota anualmente, sempre escolhendo veículos da marca”, conclui Burger.

Foto: Mercedes-Benz/Marcopolo