Daimler se dividirá em dois grupos, um para caminhões e outro para automóveis

A Daimler AG anunciou que planeja que a divisão de veículos comerciais pesados se separe da divisão de automóveis. Os conselhos da companhia alemã estão avaliando a criação de dois grupos distintos derivados do atual grupo Daimler, um atuando no segmento de caminhões e ônibus, e o outro no de carros de passeio e vans. “Este é um momento histórico para a Daimler, o que representa uma profunda remodelação da Companhia”, afirma Ola Källenius, presidente do Conselho de Administração da Daimler e Mercedes-Benz.

“Com clientes diferentes e caminhos tecnológicos e necessidades de capitais específicos, a Mercedes-Benz Cars & Vans é a marca de carros de luxo mais valiosa do mundo, enquanto a Daimler Trucks & Buses provê soluções de uma empresa líder em transportes e serviços para seus clientes. Ambas as empresas operam em indústrias que estão passando por grandes mudanças tecnológicas e industriais. Nesse contexto, acreditamos que elas poderão operar de modo mais efetivo como entidades independentes, equipadas com uma forte liquidez e livres das limitações de uma estrutura conglomerada”, complementa Källenius.

Uma participação majoritária significativa da Daimler Truck deverá ser distribuída aos acionistas da atual Daimler, desse modo a divisão de caminhões e ônibus terá uma administração com total autonomia e uma governança corporativa própria, incluindo ter um presidente do conselho supervisor independente, para se qualificar como uma empresa integrante do DAX (Deutsche Aktienindex, lista das 30 companhias alemãs de melhor performance). A companhia pretende listar a Daimler Truck na Bolsa de Valores de Frankfurt ainda antes do final de 2021. Com a divisão de veículos comerciais pesados tornando-se independente, a a divisão de automóveis e vans passará a se chamar Mercedes-Benz AG.

Como parte de uma estrutura corporativa mais focada, tanto a Mercedes-Benz como a Daimler Truck também serão apoiadas por entidades financeiras e de serviços de mobilidade próprias, promovendo vendas com financiamento, leasing e soluções de mobilidade individualizadas, aumentando a retenção e reforçando a lealdade dos clientes.  Nesse processo, a empresa planeja designar recursos e equipes da atual Daimler Mobility, tanto para a Mercedes-Benz como para a Daimler Truck.

A Daimler Truck é a maior fabricante mundial de caminhões e ônibus, ocupando posições de liderança na Europa, América do Norte e Ásia, possuindo mais de 35 filiais ao redor do mundo, com mais de 100 mil empregados. A Daimler reúne atualmente sete marcas de veículos comerciais pesados: Mercedes-Benz, Freightliner, Western Star, Mitsubishi Fuso, BharatBenz, Setra e Thomas Built Buses. Em 2019, foram entregues cerca de 500 mil caminhões e ônibus a clientes ao redor do mundo, gerando um faturamento de 40,2 bilhões de euros para a Daimler Trucks e 4,7 bilhões de euros para a Daimler Buses. O EBIT (lucro antes dos juros e impostos) da Daimler Trucks alcançou 2,5 bilhões de euros, enquanto a Daimler Buses atingiu 283 milhões de euros.

“Este é um momento muito importante para a Daimler Truck. Com nossa autonomia, sem dúvida alcançaremos ainda mais visibilidade, transparência e maiores oportunidades”, declara Martin Daum, presidente do Conselho de Administração da Daimler Truck. “Nós vamos crescer muito mais e continuar com a nossa destacada liderança em propulsores alternativos e automação. Por exemplo, já definimos o futuro de nossos negócios com caminhões elétricos movidos a bateria e células de combustível, assim como o nosso posicionamento em relação à condução autônoma. Por meio de parcerias bem direcionadas, vamos agora acelerar o desenvolvimento de tecnologias chave para levar com rapidez os melhores produtos da categoria para os nossos clientes”.

Foto: Daimler Truck