FNM fecha a venda de 1000 caminhões elétricos para a Ambev

A Ambev fechou acordo com a FNM Elétricos e a montadora Agrale para o fornecimento de mil caminhões elétricos implementados para distribuição de bebidas. A aquisição faz parte do plano da companhia de bebidas de ter metade de sua frota, atualmente com 5300 veículos, com veículos de emissão zero de CO2 até 2023. Os modelos FNM serão utilizados por operadoras de transporte que prestam serviço para a Ambev.

A FNM (Fábrica Nacional de Mobilidades), que homenageia a antiga montadora brasileira de caminhões FNM (Fábrica Nacional de Motores), é uma startup que surgiu de um programa de aceleração da Ambev em 2019. “As parcerias resultaram em um veículo com tecnologias de ponta que agora poderá ser exportado para outros países e outras empresas”, afirmou à Reuters Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Ambev.

Os modelos da FNM irão se juntar a uma frota de cerca de 1600 caminhões elétricos e-Delivery que também estão sendo produzidos pela VW Caminhões e Ônibus para a Ambev. Segundo a companhia de bebidas, cada caminhão FNM permitirá a redução de CO2 em 126 mil quilos por ano. O veículo piloto realizará rotas de entrega no Rio de Janeiro, com autonomia de até 100 quilômetros por dia.

Os caminhões terão um sistema anticolisão com inteligência artificial e câmeras integradas. A recarga das baterias será realizada em pontos nos próprios centros de distribuição da Ambev, que usam energia solar. Os motores dos modelos FNM são da dinamarquesa Danfoss, as baterias da norte-americana Octillion e os implementos tipo baú específico para o transporte de bebidas será fornecido pela gaúcha Randon. De acordo com a Ambev, a Danfoss e a Octillion estudam instalar fábricas no Brasil, o que ajudaria a reduzir custos de produção dos veículos.

A FNM estabeleceu parceria com a Agrale, que produzirá para a startup, em sua Unidade 2 em Caxias do Sul (RS), os caminhões elétricos, que compartilham a mesma cabine da linha S de caminhões Agrale, produzida em resina com fibra de vidro, mas com design frontal característico da marca FNM.

Com informações da Reuters | Foto: FNM Elétricos