Transpipeline adquire 120 unidades do novo VW Meteor 29.520

A Transpipeline, operadora de transporte com sede em Manaus (AM), começou a receber as 120 unidades negociadas do novo cavalo mecânico extrapesado VW Meteor 29.520 6×4. Os modelos, com implemento especial criogênico, transportarão gás natural a ser usado para geração de energia elétrica para atender a região do estado de Roraima. Essa fonte de energia reduz completamente a emissão de óxidos de nitrogênio (NOx), ao contrário do que ocorre com o uso de petróleo.

“Os novos caminhões têm configuração ideal para a nossa aplicação, oferecendo robustez, economia e o custo de operação mais viável, além da capilaridade da marca, que tem concessionárias no Amazonas e em Roraima, as bases da nossa operação”, comenta Wigner Rezende, diretor da Transpipeline.

A rota dos caminhões da transportadora manauara começará na área do Campo do Azulão, na bacia do Amazonas, onde o gás é obtido e liquefeito numa usina de tratamento para estocagem e transporte como GNL, seguindo depois, via rodovia, para a Usina Jaguatirica, em Boa Vista (RR), onde a energia gerada pelo gás natural é interligada à rede de transmissão elétrica de Roraima para abastecer mais de 70% do consumo daquele estado.

Os 120 veículos vendidos à Transpipeline constituem a primeira venda do Meteor 29.520, o caminhão mais potente da VW Caminhões e Ônibus, equipado com motor MAN D26 de 13 litros, com 520 cavalos de potência e 2.500 Nm de torque, propulsor que passou a ser produzido no Brasil, o que reduz custos de manutenção e peças. O modelo pode operar com combinações de veículos de carga (CVC) de 7 e 9 eixos, com PBTC de 57 a 74 toneladas.

Foto: VWCO