Iveco é a marca de caminhões que mais cresceu no Brasil em 2020

Em 2020, a Iveco foi a marca que mais cresceu no segmento de caminhões. Num momento de crise resultante da pandemia, em que o setor apresentou queda de 11%, a Iveco obteve um aumento de 30% de vendas em relação a 2019, segundo dados da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

“Esses são os primeiros resultados do novo momento que a marca atravessa no país. É a consolidação de todo um trabalho estratégico que inclui fortes investimentos, melhorias de qualidade técnica e ampliação e renovação do line-up nos últimos anos”, afirma Marcio Querichelli, líder da Iveco para a América do Sul.

Entre os fatores que facultaram o ótimo desempenho da montadora italiana no Brasil estão o fato de possuir uma das mais completas linhas de veículos comerciais do mercado, o lançamento recente de produtos completamente novos no seu portfólio e a expansão da sua rede de atendimento no território nacional.

Em 2020 iniciaram as vendas da nova geração do Iveco Daily, um modelo da marca que já era consagrado no mercado, sendo referência no segmento de veículos comerciais leves. Com o chassi-cabine Daily 35-150 a Iveco cresceu 29% em vendas e alcançou um market share de 37,5%.

Na faixa dos caminhões médios, a Iveco alcançou 7% de participação, com os modelos Tector de 9 e 11 toneladas destacando-se pelo espaço e a variedade de tipos de cabines, além de diversas opções de entre-eixos e motorizações, com algumas versões apresentando o motor mais potente em seus segmentos.

No segmento de semipesados a marca cresceu 46% no ano passado, com um mix de produtos que vão até a versão 8×2 de 30 toneladas e o cavalo mecânico 4×2 para operações com CMT (capacidade máxima de tração) de 36 toneladas, com uma ampla gama de motores e cabines com várias configurações e com o conhecido espaço e conforto da linha Tector.

“Esses lançamentos nos tornaram mais competitivos nos segmentos de leves e médios e completaram o nosso portfólio de produtos. Nos tornamos ainda mais fortes, dos leves aos pesados”, afirma Ricardo Barion, diretor comercial da Iveco.

No setor de caminhões pesados, a Iveco segue com uma linha atualizada, com seus modelos Hi-Way e Hi-Road. Entretanto, com os lançamentos no Brasil dos mais recentes extrapesados lançados na Europa por outras montadoras, a Iveco deverá apresentar em breve no país o S-Way, sucessor do Hi-Way. O novo modelo já foi flagrado em Sete Lagoas (MG). “E, em 2021, mais novidades estão por vir. A Iveco continuará inovando em termos de novas tecnologias, serviços e muito mais”, finaliza Querichelli.

Foto: Iveco