Caminhão elétrico da Tesla deverá fazer 1000 km por carga, diz Musk

O multibilionário e CEO da Tesla, Elon Musk, afirmou que uma nova tecnologia de bateria poderia entregar um caminhão Classe 8 (Tesla Semi) que cobrirá 1.000 km, ou 621 milhas, por carga. A declaração foi feita na Conferência Europeia de Baterias 2020, no final de novembro.

Nos pedidos atuais do caminhão, os intervalos anunciados foram de aproximadamente 300 a 500 milhas (500 a 800 km), mas a segunda pessoa mais rica do mundo (Musk) acredita que a nova tecnologia de bateria da nova geração, que foi anunciada no Dia da Bateria da Tesla em setembro, tem uma densidade maior de energia e isso, consequentemente, aumenta o alcance. Na conferência, Musk afirmou: “Achamos que isso será extremamente competitivo e atraente para as empresas de transporte rodoviário”.

Este novo modelo de bateria da Tesla usa células de hidrogênio que são membros estruturais do pacote, ajudando a diminuir o peso geral do sistema. Musk acredita que o modelo do caminhão seria mais leve em uma tonelada na comparação com um trem de força a diesel em um caminhão de 40 toneladas.

A discussão sobre células de combustível para alimentação de caminhões de longa distância tem sido muito presente entre as empresas do meio. As rivais, Daimler, Navistar e Toyota também estão nessa disputa.

De acordo com a Tesla, centenas de reservas para o modelo de caminhão já foram feitas por empresas como PepsiCo, Walmart Canada e a empresa de leasing de caminhões Pride Group Enterprises. Os preços tabelados variam de US$ 150 mil a US$ 200 mil. A previsão é que a produção comece em 2021.

Por: Rafael Lara | De: Seu Dinheiro, com informações da Fox Business | Foto: Tesla