Volvo exporta 50 caminhões articulados A30G para a Europa

Com a pandemia do novo coronavírus, a produção da fábrica da Volvo Construction Equipment na Suécia ficou temporariamente desativada. Assim, a unidade da Volvo CE em Pederneiras (SP) ficou responsável pela fabricação, em caráter temporário, de 50 caminhões A30G 6×6 no Brasil para atender à demanda de clientes na Europa e Israel. “Somos reconhecidos por nossa flexibilidade industrial e alta qualidade. Estamos totalmente preparados para atender às necessidades de qualquer mercado Volvo no mundo”, afirma Wladimir Garcia, vice-presidente de operações industriais da Volvo CE na América Latina.

As unidades do A30G brasileiro seguirão para a Noruega, Inglaterra, Polônia, Alemanha, Bélgica, França e Israel. “Devido ao alto valor agregado deste tipo de máquina, esse volume de 50 caminhões articulados é bastante expressivo”, argumenta Massami Murakami, diretor de planejamento estratégico da Volvo CE. Além desse lote para a Europa, os articulados fabricados no Brasil são exportados para os Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Oceania e América Latina e também distribuídos no próprio mercado brasileiro. Atualmente, a Volvo é a única marca a fabricar caminhões articulados no Brasil, já que a Randon Veículos retirou de linha o seu articulado RK-628.

Não é a primeira vez que a fábrica brasileira é acionada para atender mercados não habituais. “Em 2017 já havíamos exportado caminhões articulados para a Europa. A excelente qualidade dos nossos produtos, apontado por auditorias globais da Volvo, tem sido também reconhecida pelos clientes do mundo todo”, diz Garcia. Atualmente cerca de 50% dos equipamentos de construção fabricados pela Volvo no Brasil são exportados. Além de caminhões articulados, a unidade do interior de São Paulo também produz pás-carregadeiras, escavadeiras e rolos compactadores.

A fábrica da Volvo CE em Pederneiras emprega atualmente 375 funcionários, originalmente criada em 1975 como planta da Clark Equipamentos, tornando-se uma unidade da Volvo em 1995, que há alguns anos desenvolveu uma linha de montagem única para tratores pás-carregadeiras e caminhões articulados, com redução do tempo de montagem em 12% e melhoria da logística industrial e aproveitamento da capacidade instalada.

O caminhão articulado é uma invenção da Volvo, lançado em 1966 na Suécia, com o objetivo de ter melhor manobrabilidade em canteiros de grandes obras e de mineração, facilitando o tráfego do veículo em locais de difícil acesso. Esse tipo de caminhão foi se popularizando em construções de barragens, hidrelétricas, complexos industriais, jazidas de mineração, rodovias etc, e passou a ser produzido também por outras marcas no mundo, seguindo o projeto básico desenvolvido originalmente pela Volvo. Atualmente a Volvo fabrica caminhões articulados de 25 a 60 toneladas nas plantas industriais de Braås, na Suécia, e em Pederneiras.

Foto: Volvo