Mercedes Actros 2651 é o caminhão mais vendido no mês de julho

O cavalo mecânico pesado premium Actros 2651 6×4 da Mercedes-Benz é o caminhão mais vendido no mercado brasileiro no mês de julho, com 518 unidades emplacadas, considerando todas as marcas e modelos. A Mercedes-Benz é também a líder nas vendas totais de caminhões no Brasil.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado de vendas do Actros 2651, um caminhão que foi conquistando aprovação dos clientes desde que chegou ao mercado, há quase cinco anos. Esse modelo inovou no segmento de extrapesados, trazendo o que os transportadores e os motoristas nos pediram: melhor custo operacional, tecnologia, robustez e conforto”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

“Graças ao ótimo desempenho comercial do Actros 2651, bem como de toda família Actros e também da linha Axor, nós lideramos as vendas de extrapesados em julho. Nesse mês, foram emplacados 1.742 caminhões da marca, o que significa um crescimento de 39% sobre as 1.256 unidades de junho. Com isso, conquistamos a liderança do segmento este mês, com mais de 32% de participação de mercado. Aliás, julho teve o maior volume de vendas de extrapesados dos últimos 74 meses”, informa Leoncini.

Apesar da crise oriunda da pandemia do coronavírus, o mercado brasileiro de caminhões pesados está aquecido devido principalmente ao bom desempenho do agronegócio, em especial as safras de soja e cana-de-açúcar, além de outros setores que fazem muito uso desse tipo de veículo, como mineração, transporte de celulose, combustíveis, entre outros. Além da Mercedes-Benz, outras montadoras de cavalos pesados vêm obtendo ótima performance em vendas graças a essa demanda, com alguns caminhões premium chegando a apresentar vendagem maior do que modelos semipesados, médios e leves.

Foto: Mercedes-Benz