Volkswagen exporta 130 ônibus para Angola

A VWCO embarcou para Angola, na África, um lote de 130 Volksbus 17.210 com carrocerias Marcopolo Torino com barreiras de proteção do sistema Marcopolo BioSafe para condutor e cobrador, estando já dentro dos protocolos de segurança para prevenção de contágio pelo novo coronavírus.

Nos últimos anos, a Volkswagen já exportou 568 ônibus que operam no Transporte Urbano Regular de Passageiros (TURP) de Luanda e suas 18 províncias de Luanda, sob a gerência do Grupo Asperbras, representante oficial da VWCO em Angola há mais de dez anos.

“Angola tem uma rede de transportes urbanos ainda muito aquém das suas necessidades. Em Luanda, por exemplo, há 8 milhões de habitantes para pouco mais de 500 ônibus, cobrindo apenas 15% da província. Por isso, mesmo em tempos de pandemia, as negociações continuaram”, afirma Geraldo Kulaif, diretor do Grupo Asperbras.

Dos Volksbus enviados a Angola, 87% atendem à demanda do transporte público de passageiros, 8% destinam-se ao fretamento de pessoas ligadas ao serviço público, hospitais e projetos sociais, e os 5% restantes são para o transporte de passageiros para instituições de ensino superior.

“A VW Caminhões e Ônibus iniciou oficialmente suas exportações em 1985. Alcançar, portanto, os nossos 35 anos de presença internacional com negócios que promovem a qualidade e segurança no transporte é um marco em nossa história”, conclui Leonardo Soloaga, diretor de Vendas Internacionais da VWCO.

Foto: VWCO