Exército Brasileiro começará a receber o Iveco LMV em agosto

As primeiras 32 unidades da VBMT-LSR (Viatura Blindada Multitarefa Leve sobre Rodas) começarão a ser entregues ao Exército Brasileiro a partir do mês de agosto, de acordo com informação de um porta-voz da Iveco dada ao Janes, portal norte-americano especializado em notícias sobre defesa. O veículo é o Iveco LMV (Light Multirole Vehicle, “veículo leve multitarefa”), com tração integral, conhecido como “Lince”.

O negócio fechado em novembro de 2019 entre o EB e a CNH Industrial, grupo proprietário da Iveco Defence Vehicles, custou R$ 67,8 milhões como parte do programa VBMT-LSR (Projeto Viatura 4×4) para renovação da frota do exército com veículos multitarefa, pacote que inclui plano de manutenção com suporte de três anos e treinamento. Uma unidade do modelo será entregue ao Centro de Avaliações do Exército (CAEx) para uma nova rodada de testes ainda este ano. Deverão ser entregues mais 15 veículos em 2021 e mais 16 em 2022.

O Iveco LMV é um utilitário com uma célula de sobrevivência blindada que leva cinco ocupantes, um compartimento para carga na traseira, e vem equipado com um motor turbo diesel common rail de 3 litros da FPT Industrial, similar ao usado no Iveco Daily, mas com potência que pode chegar até 220 cv, com transmissão automática ZF de 8 marchas. Para o LMV a ser usado no Brasil, o EB homologou a estação de armas remotamente controlada Ares Remax para metralhadoras, instalada no teto da viatura. Atualmente, forças armadas de 16 países possuem o Iveco LMV em suas frotas. Há rumores de planos futuros de fabricação do LMV na planta da Iveco Defence em Sete Lagoas (MG), onde já é produzida a VBTP-MR Guarani 6×6, mas por enquanto nada ainda confirmado pela Iveco.

Foto: Iveco