CNH Industrial deverá se dividir em dois novos grupos

A CNH Industrial pretende dividir o grupo em duas novas corporações, que atuarão em áreas distintas. Uma das companhias, provisoriamente chamada pela CNH de “On Highway” (algo como “na rodovia” em inglês) até a escolha de um nome definitivo, concentrará as marcas dedicadas ao mercado de veículos rodoviários e powertrain (Iveco, Iveco Bus, Heuliez Bus e FPT Industrial), enquanto a outra, chamada de “Off Highway” (“fora de rodovia”), se encarregará das marcas de máquinas agrícolas, linha amarela e de aplicações especiais (Case IH, New Holland, Steyr, Astra, Iveco Defence e Magirus).

Segundo a CNH, a operação de separação das duas corporações é a melhor solução para as empresas crescerem mais rápido e dobrarem o lucro, pois os dois segmentos de atuação possuem desafios tecnológicos e regulamentações diferentes. Com a divisão, as corporações ficariam mais focadas nas suas respectivas especialidades, alinhando e deixando mais eficientes os investimentos, resultando em maior retorno sobre o capital aplicado. A intenção da CNH Industrial é tornar as duas novas companhias atraentes aos investidores, que preferem empresas mais focadas em suas atividades e com portfólios bem definidos.

A operação, chamada “Transform 2 Win”, se dará dentro do plano estratégico quinquenal do grupo, devendo a divisão ser concluída em 2022. Entre as ações do plano de reestruturação está o aumento de utilização da capacidade instalada das fábricas da média atual de 66% para 85%, com enxugamento de 1,2 milhão de metros quadrados de áreas fabris em todo o mundo, mas ainda não se sabe quais fábricas serão fechadas ou reduzidas. De acordo com a CNH, a planta da Iveco em Sete Lagoas (MG) tem papel fundamental no novo plano global, pois é uma das mais modernas fábricas de veículos comerciais do mundo.

Alguns creem que o nome CNH Industrial deve permanecer designando a divisão “Off Highway”, pois a sigla significa “Case-New Holland”, duas marcas de máquinas agrícolas e de construção do grupo. A nova divisão “On Highway”, através da marca Iveco, se encarregará também da joint venture que foi criada no final de 2019 com a norte-americana Nikola Motor Company para a produção do cavalo mecânico elétrico Nikola Tre na Europa. A FPT Industrial, embora passe a integrar a nova divisão dedicada a veículos rodoviários, continuará fornecendo motores e transmissões para a divisão “Off Highway”.

Foto: Iveco