Grupos de concessionárias que atendiam à Ford Caminhões passam a integrar a rede Iveco

Após o encerramento das atividades da Ford Caminhões no Brasil, os concessionários da marca vêm buscando novas parcerias. Grupos que atuavam há décadas na comercialização dos caminhões da marca norte-americana, como o Max, de Anápolis (GO), o JCF, de Arapiraca (AL), e o Duvel, de São Luís (MA), passam a integrar a rede Iveco, que conta atualmente com uma rede de 72 unidades no país, entre concessionárias e pontos assistenciais.

Os grupos Max e JCF atuam há mais de 40 anos no setor. As concessionárias Max são especializadas em vendas governamentais, com unidades em Anápolis e Luziânia (GO), e Brasília (DF), enquanto a rede Audax, do Grupo JCF, opera em Arapiraca, e em breve terá concessionárias em Maceió (AL) e João Pessoa (PB). A Duvel, que possui 30 anos de existência, atua em São Luís, e planeja nova unidade em Imperatriz (MA).

“A incorporação dos novos parceiros proporciona à marca utilizar a experiência acumulada pelas empresas, que atendiam outra montadora de caminhões, para ampliar nosso alcance e otimizar o contato com nosso cliente. A previsão é que daremos um salto expressivo em qualidade e na participação de mercado nessas regiões”, afirma Marcelo Assis, responsável pela rede da Iveco na América Latina.

Grupos já parceiros da Iveco também assumiram instalações que antes atendiam com bandeira da Ford Caminhões nas cidades de Ribeirão Preto, SP (Iveco Rodonaves), Nova Iguaçu, RJ (Iveco Transfuturo), Paranavaí, PR (Iveco Turim), e Caxias do Sul, RS (Iveco Mattana), contribuindo com o esforço da Iveco para expandir a capilaridade da sua rede de atendimento no Brasil.

Foto: Iveco