Mercedes-Benz e Klabin testam inédito bitrem dobrável

A Mercedes-Benz e a Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, iniciaram uma parceria para testar uma versão inédita de bitrem dobrável para transporte de toras de madeira, desenvolvida pela Unidade Florestal da Klabin com tecnologia trazida da Austrália, sendo puxada em caráter de teste por um cavalo mecânico Axor 3344 6×4 em trechos no estado do Paraná.

O novo bitrem dobrável, específico para o carregamento de toras de madeira, encolhe o primeiro semirreboque sobre o chassi do cavalo. Com isso, há uma redução no comprimento total do veículo de 19 para 15 metros, trazendo como principal vantagem o aproveitamento de espaço. Comparado aos veículos tradicionais, esse bitrem usa uma área muito menor para manobrar, o que assegura melhores condições de direção e aderência em áreas de declive devido ao menor raio de giro necessário para curvas, além de liberar terrenos que podem dar espaço para plantações. Isso cria perspectiva de aumento da produtividade florestal da companhia. O bitrem vazio e dobrado também permite ultrapassagens mais ágeis e seguras, melhorando a mobilidade na via, além de gerar economia com combustível, pedágio e pneus – 8 pneus deixam de tocar o solo quando a primeira carreta é recolhida.

“A versatilidade de uso e a excelência do Axor nas operações off-road ganham novamente destaque em mais uma iniciativa inovadora no país”, diz Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “O Axor é pau-pra-toda-obra. Ele foi desenvolvido para enfrentar as características do transporte brasileiro, operando nos diversos tipos de estrada, tanto asfaltadas, quanto de terra ou outro pavimento, situações típicas das atividades florestais, como a da Klabin no Paraná”.

Para testar o novo implemento rodoviário, a Klabin utiliza um modelo tradicionalmente muito usado no setor madeireiro em particular e em toda a cadeia do agronegócio em geral, sendo o Axor um caminhão robusto e de baixo custo operacional em aplicações off-road. “Além disso, o elevado padrão de conforto da cabina, juntamente com os itens de tecnologia e segurança, garante ao motorista um excelente nível de bem-estar a bordo e de condução, o que resulta em produtividade e satisfação”, complementa Leoncini.

Foto: Mercedes-Benz