Caminhão Iveco alcança 1,5 milhão de quilômetros rodados

Durabilidade e força são qualidades essenciais aos veículos de transporte de carga. A Iveco comemora mais um de seus modelos registrando a relevante marca de 1,5 milhão de quilômetros rodados. Dessa vez, um Stralis 740S41T 2010 conquistou o feito. 

O caminhão roda por estradas de todo o Brasil realizando o transporte de celulose e grãos. O proprietário, Gerônimo Simplício, transportador de Linhares (ES), fez todas as manutenções recomendadas em dia, com o uso de peças originais, além de ter observado as recomendações de giro do motor FPT Cursor 13 e boas práticas durante a condução do veículo.

O Stralis é a geração que antecede o Hi-Road, lançado no final de 2018 pela Iveco. O pesado, disponibilizado nas versões 4×2, 6×2 e 6×4, proporciona para o cliente o melhor custo operacional total (COT) do mercado. O Hi-Road tem a menor tara do segmento, o que aumenta a produtividade, já que leva mais carga que os modelos concorrentes, contribui para a redução de custos com combustível e, por consequência, reduz o COT do cliente. 

Bernardo Pereira, gerente de Marketing de Produto da Iveco, destaca que o Hi-Road foi projetado para ser uma evolução do seu antecessor, com o objetivo de atender às necessidades dos clientes. Com uma nova turbina, nova calibração e aumento de torque no motor, o modelo alia performance e economia. “A quilometragem alcançada pelo Stralis demonstra como os veículos da marca são confiáveis. Com o Hi-Road demos um passo adiante na oferta de produtos para o segmento, pois mantivemos a robustez e a versatilidade do Stralis, que pode ser comprovada pelo caso do Gerônimo, e agregamos uma série de melhorias e que carregam o DNA da família Hi-Way, o extrapesado premium da marca.”

Tanto o Stralis quanto o Hi-Road são equipados com motores da FPT Industrial, marca líder em tecnologias powertrain, que assegura elevada durabilidade associada a desempenho, robustez, menores emissões, custos operacionais e versatilidade de aplicações, seja nos segmentos on-road, off-road, marítimo ou de geração de energia. Somente na América do Sul são mais de 615 mil motores FPT Industrial em circulação.

Foto: Iveco